quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Relações Doentias

Ai estou me sentindo a própria Carrie Bradshaw, sentada em frente ao meu Notebook dando pitaco sobre o que penso de relacionamentos. Sex and The City fellings total.

Mas eu realmente me interesso por este tipo de assunto. Talvez por eu ter sérias dificuldades nesta área (normal, Carrie também tinha rs...).

Eu fui no blog da linda da Carol do http://www.filhadeumapauta.blogspot.com/ e vi um clipe da Rihanna com o rapper Eminem e simplesmente viciei no clipe.

Mas então eu me dei conta de que foi muito mais do que somente uma melodia que cola na cabeça da gente. No fim eu me identifiquei mesmo foi com as cenas do clipe e com a tradução em si.

Quem nunca se sentiu presa à uma relação completamente NÃO SADIA, vamos dizer assim.

Aquela em que você não sabe exatamente o que faz ao lado de uma pessoa que te faz mal, de uma relação em que se é infeliz e você simplesmente não consegue virar as costas...

Se você nunca teve que passar por uma situação dessas, levante as mãos pro Céu e agradeça, porque sei que muitas mulheres já passaram por isso.

Talvez não uma relação em que a agressão física fosse tão evidente. Mas e quanto a agressão psicológica?

E o que leva mulheres inteligentes, bonitas e bem criadas a se sujeitarem a este tipo de relação?

Não estou condenando a ninguém, até porque se pegar para ler meu blog de cabo a rabo, verá que eu também já tive este tipo de relacionamento patológico.

Uma doença mesmo! Você não se vê mais ao lado da pessoa por amor. Mas cria-se uma dependência afetiva tão grande, que somos incapazes de virar as costas.

Acredito que mulheres que já passaram por isso, não podem necessariamente serem tachadas de ridículas, fracas ou submissas. Mas são pessoas que precisam de ajuda para redescobrirem o amor próprio e o respeito por si mesmo. E ISSO DEFINITIVAMENTE NÃO É FÁCIL.

Voltando ainda ao relacionamento da Carrie com o Mr. Big, percebemos que a relação deles era algo em que ela se sujeitava a todos os caprichos dele. E quando foi que ela finalmente conseguiu acertar a situação deles e até mesmo se casar com o Mr. Big? Quando ela passou a se permitir! Disse não para tudo que ele "oferecia", conheceu outras pessoas e isso fez com que ele percebesse que ela tinha valor.

Ás vezes não é este o caso. E a melhor coisa é dar por encerrada mesmo esta etapa. Pois infelizmente, nem todo mundo muda ! Mas se nós não mudarmos, aí é que tudo fica impossível mesmo.

O QUE NÃO PODE É ACOSTUMAR-SE COM ISSO!

Enfim, vou postar aqui o clipe que eu disse para vocês, porque a música é muito boa mesmo.
E também deixo como dica a leitura de outro texto do colunista Ivan Martins, que fala exatamente de relações patológicas e que serviu de fundo para tudo que escrevi aqui.
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI130306-15230,00-RELACOES+PATOLOGICAS.html



O OUTRO SÓ VAI TE RESPEITAR SE VOCÊ TAMBÉM O FIZER!
PENSEMOS NISSO... (sim, porque isso também serve pra mim)

6 comentários:

Jessica Viégas disse...

Kyka, eu acredito que não. Como uma sandalhinha tão confortável pode fazer mal? Se fizer mal pra coluna, então todos os saltos altos fazem.
Além do quê, a Anabela tem um limite certo de altura pra plataforma, justamente pra evitar isso.
Mas valeu a dúvida, é bom pra gente descobrir as verdades e mentiras de uma anabela. :D
Beijos ;*

Jessica Viégas disse...

Garota, que post fortíssimo e verdadeiro foi essa?
Pior qu é mesmo viu, tem gente que tá em um relacionamente nada sadio e não consegue sair.
Graças a Deus o meu relacionamente com o meu namorado é maravilhoso, a gente se entende, se compreende e se ama. Lógico que não é um mar de rosas nem conto de fadas, mais é um ótimo saber que você pode contar com a outra pessoa pra tudo que você precisar, tanto nos bons momentos quando nos ruins.
Eu posso dar graças a Deus! :D Hahaha.
Beijos ;*

www.deliriosdeconsumista.blogspot.com

Kyka disse...

Eu acredito que a vida de uma mulher não é feita somente de luxuosidades (infelizmente). Por isso as vezes tiro um tempinho pra escrever sobre o lado nem tão bonito!

Que bom q vc gostou! Beijos

Ah! E depois te mando a entrevista sobre o salto anabela! Mas eu vou continuar usando msm assim hahaha

Muri Leite disse...

Gatoona.
obrigada pela visita ao meu blog e volte sempre viu .
Te espero por lá.
Beijinhos :*

http://lamodde.blogspot.com

Patricia disse...

CLAP CLAP ... estou aqui batendo palmas para minha amiga Kyka que acabou de subir um ponto na minha consideração.
Amiga eu já passei por isso, inumeras vezes mais hj estou casada, e já nao passa. Mais as suas palavras me fizeram recordar muita coisa, realmente é dificil quando nao consegue ter a forca para dizer nao , mais tudo na vida faz parte de aprendizado, sofrer é preciso para aprender a se defender desses vampiros sugadores de felicidade.
Bjks

Patricia disse...

Ah video nao abriu aki.

Postar um comentário

Olá! Obrigada por deixar um comentário para mim. Isso incentiva e alimenta o blog.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios