domingo, 25 de abril de 2010

A covardia Corajosa...

Que tal se nós fizéssemos assim: Você continua parado, como sempre esteve,enquanto eu pego meu amor, minha disposição, todo o meu carinho e vontade de te fazer feliz, e vou embora pela porta dos fundos. Sem chamar atenção, sem drama, sem culpa. Ninguém precisa saber que eu cheguei a conclusão de que nós dois é algo impossível.


Prometo que eu tranco a porta direitinho depois de sair, fica sossegado que ninguém vai te incomodar lembrando do quanto a gente poderia ter dado certo. O que passou ficou lá atrás, e eu posso não entender os seu motivos, mas respeito a sua decisão.

A gente podia continuar nesse circo. Sorrindo pra todos, fingindo que tudo está de acordo, mas eu cansei de pular na cama elástica, me desdobrar na corda bamba e me segurar no trapézio feito de paixão que me sustentava esse tempo todo. Caí sem nenhum amortecedor, doeu muito e vai doer sempre que eu lembrar de você. Mas uma hora eu me acostumo com a situação. Certas feridas não fecham mas a gente aprende a conviver com a dor.

Uma vez você me disse que tudo comigo era complicado: “Uma topada vira uma queda no abismo” Foram exatamente estas palavras que você usou pra descrever meu jeito de te querer. Agora eu posso dizer que você tinha mesmo razão. Ta escuro aqui, eu não te vejo mais ao meu alcance, nem me reconheço, não me encontro. Me sinto perdida e por hora nem quero me achar. Me deixa aqui mesmo sem ter pra onde ir, uma hora alguém me puxa de volta pra superfície. Ou talvez não. Talvez eu fique por aqui pra sempre. Não vejo mais problema em viver nesse abismo que você criou pra mim.

Mas é importante que você continue parado, pois qualquer movimento seu vai me despertar esperança, e eu juro, não tenho mais de onde tirá-las. Acabaram-se as forças e a fome de vencer esse gigante que é a sua falta de vontade. Eu desisto e saiu como um mulher que deu tudo de si e não recebeu gratificação alguma por isso.

Nesse caso desistir é uma questão de inteligência, não de covardia.

Vi no: http://thaysaoliver.blogspot.com/

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Obrigada por deixar um comentário para mim. Isso incentiva e alimenta o blog.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios